Seguidores

Páginas

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Perfil do líder do Departamento Infantil



1. Ser pessoa consagrada – que mantenha comunhão com Deus e viva os princípios da verdade.
2.Ter profundo senso de responsabilidade – ter consciência de que está desempenhando um trabalho para Deus e este deve ser feito da melhor maneira possível.
3.Ter conhecimento de relações humanas – deve saber tratar as pessoas com delicadeza. Ser amigo de todos.
4. Ter domínio próprio – deve saber manter seu próprio gênio e sentimentos, em sujeição do Espírito Santo de Deus.
5. Ser perseverante – lutar até conseguir que todo trabalho seja realizado de maneira correta e da melhor forma possível. A Metodologia do Elo da Graça requer muita perseverança e treinamento.
6. Ser paciente – nem sempre é possível fazer com que os outros assimilem imediatamente o que queremos implantar. Ter paciência em casos difíceis e buscar a ajuda de Deus dá bom resultado.
7. Ser pontual – seja o exemplo para todos os demais que trabalham nas divisões infantis. A pontualidade é uma virtude cristã.
8. Ter dinamismo – o líder precisa ser uma pessoa ativa e empreendedora.
9. Ter espírito de liderança – este é o fator fundamental para o sucesso. 
4 Princípios Fundamentais para Líderes do Departamento Infantil
1. Paixão – qualquer coisa que eu faça, farei bem porque a faço para o Senhor, não para a aprovação dos outros. Col. 3:23
A paixão produz:
a. Direção - entusiasmo que nos impulsiona adiante, energia suficiente para cruzar a linha de chegada da realização.
b. Possibilidades – o apaixonado faz coisas de maneira diferente: supera as dificuldades buscando soluções criativas juntamente com a equipe; percebe o fracasso como um degrau para o sucesso, refaz constantemente seus alvos e os alcança por meio de perseverança; aceita desafios que a impulsiona para os limites da perseverança, compreende que “se não houver dor, não há valor”; aceita a disciplina de Deus como uma preciosa demonstração do Seu amor.
As duas maiores paixões de um líder dos MC devem ser: 1. ver uma criança aceitar a Jesus e vê-la crescer em maturidade espiritual 2. liderar, encorajar e inspirar os professores.
c. Mudança de vida – a mudança de atitude produz compromisso.
Características de uma pessoa apaixonada:
• Alegria e vigor – contagiam o ambiente. É ficar contente por fazer diferença no Reino, porque o que fazemos durará para sempre. “Quando você está bem próximo de Cristo, as coisas de Seu reino farão com que a paixão jorre em sua alma”.
• Entusiasmo e expectativa – “ao ministrarmos para as crianças e para a nossa família, precisamos ser as pessoas mais entusiasmadas do mundo, porque estamos vivendo dentro do laço do amor, da graça e do poder de Deus”.
• Resultados excepcionais – os resultados espirituais florescem em razão de sua paixão pelo ministério. As crianças se lembrarão de você como alguém cheio de paixão que as amava, as valorizava e as honrava. As crianças podem se esquecer das lições que você ensinou, mas se lembrarão de quem é você.
Venenos mortais contra a paixão:
• Rotina – monotonia e falta de criatividade.
• Frieza – gastar a maior parte do nosso tempo com pessoas apáticas.
• Incerteza – precisamos estar fixos em um foco. Só começamos a progredir quando falamos sobre passos, planos específicos e horários específicos.
• Vaguear – sem objetivos, você não tem em que se concentrar. Quando investimos essa paixão em objetivos específicos e trabalhamos neles com todas as nossas forças, uma dádiva de Deus, então se torna muito difícil desistirmos de nosso ministério.
• Dureza – se você é líder, com certeza alguém não gostará de você. Portanto, não se preocupe com que os outros pensam a seu respeito. Algumas pessoas são como vitral: ou são apenas um vidro ou alguém que reflete a luz.
Três remédios edificantes:
1. associação contagiosa – aproxime-se de pessoas cheias de paixão;
2. orações sinceras – orar por paixão. Tiago 5:16 “A oração de um justo é poderosa e eficaz.”
3. lembretes diários de seus momentos decisivos – com esses lembretes ao nosso redor, podemos constantemente lembrar: “É por isso que estamos aqui ”- grandes coisas fez o Senhor por nós. Esses lembretes marcam momentos que nos impulsionaram adiante! 
2. Atitude – Nossa atitude determina nossa altitude. A atitude que você usa é a atitude que você escolhe e ela depende da sua capacidade de distinguir entre a resposta e a reação.
O que causa minha atitude a escorregar:
• Turbulência – nossa auto-estima pode atravessar uma tempestade, devido a um corte brusco na igreja ou por um sentimento de baixa auto-estima. Como você se vê? E como Deus a vê? Se nós esquecemos de manter os olhos em nosso valor, nosso preço eterno, como Deus o vê, nossas atitudes terão tendência para apontar o “nariz para baixo”.
• Paralisia – pessoas que não se vêem como vencedoras são, com freqüência, obcecadas por perder.
• Estressando-se – você pode estar usando energia demais. Sua atitude e desempenho podem realmente melhorar, se você reduzir sua velocidade. É preciso ter tempo para renovar-se e deleitar-se, ou seja, rejuvenescer.
• Voltas, voltas e voltas – as expectativas de vida menores, são as pequenas destruidoras de atitudes. Os líderes eficazes enfrentam dificuldade, desencorajamento e desapontamento. Tiago 1:2-4. Precisamos manter uma clara perspectiva de vida, uma clara perspectiva de nossas expectativas. Muitas vezes é preciso trocá-las, para abrir espaço necessário, para que as boas atitudes floresçam.
O que fazer quando sentir que sua atitude está para vacilar:
1. olhe para cima – mantenha-se focado no que Deus está fazendo no Reino. (Col. 3: 2,3);
2. Desacelere: todos fazemos escolhas mais acertadas quando paramos por um momento; Alcance pessoas – que o seu foco seja ajudar os outros a alcançar o potencial que têm. A vida das crianças e dos membros de sua equipe serão renovadas, e as pessoas se sentirão encorajadas, simplesmente pelo fato de estar em contato com você.
A ATITUDE “INTERPRETA” SEU MUNDO
Hoje, posso reclamar porque o tempo está chuvoso, ou posso agradecer porque a grama está sendo regada para mim.
Hoje, posso chorar porque as rosas têm espinhos, ou posso comemorar porque os espinhos têm rosas.
Hoje, posso lamentar a falta que sinto de meus amigos, ou posso embarcar alegremente em uma jornada para descobrir novos relacionamentos.
Hoje, posso murmurar porque tenho de ir para a escola, ou posso abrir minha mente e alimentá-la com novas e ricas gotas de conhecimento.
Hoje, posso ficar chateado porque tenho de limpar a casa, ou posso me sentir honrado porque o Senhor providenciou um abrigo para mim.
Tudo pode ser tirado de um homem, menos uma coisa – o direito de escolher sua atitude em qualquer circunstância; a escolha do seu próprio caminho. 
3. Trabalho em Equipe – As equipes têm um potencial criativo maior do que os indivíduos. “Todos nós juntos somos mais inteligentes do que apenas um de nós”.
Características de uma equipe dinâmica:
• Cooperação – isso requer saber e apreciar histórias uns dos outros, manter contato físico, atitudes de dar e receber, para que a unidade se transforme na poderosa realidade de nossos relacionamentos práticos de trabalho. Ler S.João 17:21.
• Flexibilidade – mudar para atender às necessidades. Flexibilidade para dar conta da demanda que lhe é requerida.
• Compromisso – os propósitos de evangelismo, comunhão, discipulado, serviço e adoração. Programas que ajudarão as crianças a crescer em profundidade, na caminhada espiritual.
• Lealdade - uma equipe pode fracassar porque algo discutido entre o grupo vazou para outras partes interessadas: a famosa fofoca. É muito difícil vencer a quebra de confiança entre os membros de uma equipe.
• Encorajamento - pessoas florescem sob o incentivo e murcham sob a crítica. Todas as vezes que apreciar algo em alguém ao seu lado, você está elevando seu valor, honrando essa pessoa, edificando a equipe e construindo o Reino. Ler I Tess. 5:11
Como cuidar das necessidades de manutenção de sua equipe:
• Deixe constantemente as expectativas bem claras – cada membro da equipe precisa sentir-se pertencente ao grupo e saber que seu papel é vital.
• Proporcione informações e treinamentos para habilidades de uma equipe.
• Abra espaço para compartilhar – não se preocupar apenas em desempenhar as tarefas, mas uns com os outros.
• Sempre dê ênfase à presença de Deus – iniciar cada encontro com uma oração. Desenvolver projetos de oração intercessória durante os encontros.
4. Honra - Ler Rom. 12:10. O valor que atribuímos às pessoas faz toda a diferença em como as tratamos e como somos tratados por elas. A honra determina o sucesso do nosso ministério. Valorize as pessoas através de cartões de aniversário, agradecimentos, telefonemas, visitas, etc.
Nossa própria imagem influencia significativamente nossa “imagem” das pessoas. Quando vemos outros da maneira como Deus os vê, passamos a tratá-los como Deus os trata também.
Servir em uma atmosfera de respeito mútuo e encorajamento torna o ministério gostoso e digno de todo esforço.
Fonte:
Jutila, Craig.
4 Princípios Fundamentais para Líderes de Ministério Infantil.
São Paulo: Editora Vida, 2004.
www.editoravida.com.br

Artigos para Liderança Infantil




A importância do líder
“Deixem vir a mim as crianças, não as impeçam; pois o Reino de Deus pertence aos que são semelhantes a elas” (Mc 10.14).
No decorrer dos séculos, muitos crentes têm rejeitado os esforços das crianças para se aproximarem do Salvador.
Charles Spurgeon, um famoso pregador inglês, escreveu: “Que maravilha será ver nossas crianças firmadas na doutrina da redenção por Cristo! Se forem prevenidas contra os falsos evangelhos desta era perversa, e ensinadas a firmar-se na rocha eterna da obra consumada de Cristo, podemos esperar que a próxima geração venha a manter a fé e que será melhor do que a de seus pais”. 
Não é preciso muitas pesquisas para perceber o quanto Jesus ama as crianças. Ele demonstrou isso quando as abraçava e as abençoava: “Em seguida, tomou as crianças nos braços, impôs-lhes as mãos e as abençoou”. (Mc 10.16)
Ainda existem muitas igrejas que não dão o devido valor ao ministério infantil, encaminhando sempre quem não tem dom para cantar, dançar, pregar, para ficar com as crianças, como se esse ministério fosse menos importante. O diabo não pensa assim. Ele investe pra valer nas crianças, prova disso são as infinidades de programas, desenhos, brinquedos, jogos, etc, que são criados para elas; cheios de novidades, cores e muitos outros atrativos. Sabemos que a criança é um produto do meio em que ela vive, tudo o que ela ouve, assiste na TV, aprende na escola, contribui para a formação da sua personalidade e caráter. 
“Qualquer, porém, que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma grande pedra de moinho, e fosse afogado na profundeza do mar” (Mt 18.6)
Jesus ama mesmo as crianças! Nós as afastamos dEle, quando fazemos pouco caso do ministério infantil, quando as deixamos numa salinha improvisada enquanto seus pais assistem ao culto, quando não as levamos a igreja, quando não valorizamos os professores e líderes que cuidam delas e nem investimos, deixando-os sozinhos carregando este “peso”. 
Está na hora de acordar! O Senhor nos confiou essa responsabilidade. Devemos ser a principal influência e referência em suas vidas. É preciso investir nesse ministério. Gosto de afirmar que as crianças fazem parte do corpo de Cristo, portanto elas não são “a igreja de amanhã”, mas já são a igreja de hoje. Quantos problemas seriam evitados, quantos adolescentes seriam saudáveis e quantos adultos sábios e maduros teríamos nas igrejas, se tão somente investíssemos no ministério infantil! É mais fácil ensinar a criança no caminho que ela deve andar do que tratar dos desvios de caráter, feridas na alma, traumas, rebeldias, dos adultos. 
Fico imaginando quantas coisas lindas o Senhor tem guardado em seus tesouros! Se temos a mente de Cristo, podemos fazer melhor do que tudo que o mundo oferece.
As dificuldades que as pessoas sentem em trabalhar com as crianças vêm da falta de preparo, orientações, materiais. Como qualquer outro ministério é preciso se preparar. O amor é fundamental, mas os cursos e treinamentos darão suporte e quanto mais ministros, menos trabalho, então ficará fácil e prazeroso. Vale a pena gastar um pouco mais em salas amplas, bonitas e coloridas, com brinquedos, lápis de cor, joguinhos, músicas e brincadeiras. Criança é criança em qualquer tempo e lugar, não dá para mudar a realidade de que elas vivem fantasiando, imaginando, pensando. Tudo isso é muito saudável e importante. Não precisamos de robozinhos, mas de crianças livres para pensar, aprender, criar.
Quem alcançará as crianças?
As crianças são escolhidas por Deus ainda no ventre materno. João Batista, Moisés, Samuel, Sansão e o próprio Jesus, dentre outras, são histórias que nos mostram os propósitos de Deus na vida das crianças e o cargo que ocuparão no futuro.
Deus nos delegou a responsabilidade de evangelizar as crianças, muitas estão morrendo sem salvação.
- “Ide ... (Mc 16.15
- “Deixai... (Mc 10.14)
- “Apascenta os meus cordeiros... (Jó 21.15)
- “Não é da vontade de Deus que uma criança se perca ... (Mt 18.14)
- “Ensinar as doutrinas fundamentais as crianças ... (Ex 12. 26-27)
- “Desde o menor deve ouvir os mandamentos ... (II Reis 23.2 – II Cr 20.13 – Dt 6.7-31 – Ef 6.4) 
Os ensinamentos devem começar em casa com os pais, assim como na igreja.
Leia Esdras 10.1: “Enquanto Esdras estava orando e confessando, chorando prostrado diante do templo de Deus, uma grande multidão de israelitas, homens, mulheres e crianças, reuniram-se em volta dele.” Aqui é possível ver que as crianças também participaram de uma sessão de arrependimento, junto a adultos.
Para evitar que as crianças se tornem adultos rebeldes e maus, elas precisam aprender desde cedo a conhecer o poder de Deus e também as suas obras:
“Povo meu, escute o meu ensino; incline os ouvidos para o que eu tenho a dizer.
Em parábolas abrirei a minha boca, proferirei enigmas do passado;
O que ouvimos e aprendemos, o que nossos pais nos contaram.
Não os esconderemos dos nossos filhos, contaremos à próxima geração os louváveis feitos do SENHOR, o seu poder e as maravilhas que fez.
Ele decretou estatutos para Jacó, e em Israel estabeleceu a lei, e ordenou aos nossos antepassados que a ensinassem aos seus filhos, de modo que a geração seguinte a conhecesse, e também os filhos que ainda nasceriam, e eles, por sua vez, contassem aos seus próprios filhos. 
Então eles porão a confiança em Deus; não esquecerão os seus feitos e obedecerão aos seus mandamentos.
Eles não serão como os seus antepassados, obstinados e rebeldes, povo de coração desleal para com Deus, gente de espírito infiel.” (Sl 78.1-8)
A CRIANÇA PRECISA SER SALVA
“Sei que sou pecador desde que nasci, sim desde que me concebeu minha mãe.” Sl 51.5
“Desviam-se os ímpios desde a sua concepção; nascem e já se desencaminham, proferindo mentiras.” Sl 58.3.
“Da mesma forma, o Pai de vocês, que está nos céus, não quer que nenhum destes pequeninos se perca”. Mt 18.14
CRIANÇA É BÊNÇÃO!
“Da boca de pequeninos e crianças de peito tiraste perfeito louvor”. Mt 21.16
“Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos.” Mt 11.25. 
As crianças estão com o coração aberto a aceitar e reter os ensinamentos bíblicos. Elas devem ser contadas como membros da igreja, pois fazem parte do corpo de Cristo. Para ser salvo não é preciso entender tudo, basta crer e aceitar pela fé a palavra de Deus. “Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação” Rm 10.10. As crianças dependem de nós para mostrar-lhes o caminho: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” Pb 22.6.
 Fonte: criancasdt.com.br/espacodoprofessor

Fotos do Ministério Infantil Presbiteriana Renovada de Jaciara






quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Crente Pipoquinha Cristina Mel

CRENTE PIPOQUINHA






Poing, poing, poing, poing, poing,
Gelatina.
Poing, poing, poing, poing, poing,
Gelatina.
Crente gelatina eu não quero ser,
Fica balançando não sabe no que crer.
Vive sem firmeza é mole demais.
Crente gelatina
Eu não quero ser jamais!

Que gostosura, que felicidade!
Como é gostoso ser um crente de verdade!

Pique, pique, poque, pique, poque,
Pipoquinha.
Pique, pique, poque, pique, poque,
Pipoquinha.
Crente pipoquinha,
Esse eu quero ser:
Sempre animado, gosta de crescer!
Se o calor aumenta, explode pra valer!
E fica bem branquinho,
Pipoquinha eu quero ser!

Coro

Nham, nham, nham, nham, nham,
Picolé.
Nham, nham, nham, nham, nham,
Picolé.
Crente picolé, esse não dá pé!
Está sempre gelado, sem amor
Perdeu a fé! 

http://criancaevang.blogspot.com/

2º Domingo de Dezembro é o Dia da BÍBLIA para os Evangélicos.

FONTE: http://www.escoladominical.net/forum


Carinhas da Bíblia
Versinhos para falar sobre cada
Bíblia:
Bíblia Feliz



(Bíblia Bonita)
Eu sou uma Bíblia feliz,
Sirvo sempre que sou desejada.
Meu dono me carrega com orgulho,
Pois dos crentes sou a espada.

Bíblia Triste



(Bíblia Triste)
Eu sou a bíblia esquecida
Vivo triste em meu lar,
Meus donos vão para a igreja
E esquecem de me levar.

Bíblia Suja


(Bíblia Suja)
Eu sou a Bíblia suja
Meu dono me deixa na estante
aberta no Salmos 91.
Pegando poeira constante!

Bíblia Rasgada

(Bíblia Rasgada)
Dentro de mim está escrito,
Que sou como uma espada.
Mas minha dona me usa,
Pra no seu filho dar pancada.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

PIPOCA





A transformação do milho duro em pipoca macia é símbolo da grande transformação por que devem passar os homens.

O milho de pipoca não é o que deve ser.

Ele deve ser aquilo que acontece depois do estouro.

O milho somos nós: duros, quebra-dentes, impróprios para comer.

Mas a transformação só acontece pelo poder do fogo.

Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre.

Assim acontece com a gente.

As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo.

Quem não passa pelo fogo fica do mesmo jeito, a vida inteira.

São pessoas de uma mesmice, uma dureza assombrosas.

Só elas não percebem.

Acham que o seu jeito de ser é o melhor jeito de ser.

Mas, de repente, vem o fogo.

O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos - Dor.

Pode ser o fogo de fora: perder um amor, um filho, um amigo ou o emprego.

Pode ser o fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão, doenças e sofrimentos cujas causas ignoramos.

Há sempre o recurso do remédio, uma maneira de apagar o fogo.

Sem fogo, o sofrimento diminui.

E com isso a possibilidade da grande transformação.

Imagino que a pipoca dentro da panela, ficando cada vez mais quente, pensa que a sua hora chegou: vai morrer.

Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não consegue imaginar destino diferente.

Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada.

A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz.

Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo, a grande transformação acontece:

BUM!

E ela aparece completamente diferente, como nunca havia sonhado.

Piruá é o milho que se recusa a estourar.

São aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar.

Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem.

A sua presunção e o medo são a dura casca que não estoura.

O destino delas é triste.

Ficarão duras a vida inteira.

Não vão se transformar na flor branca e macia.

Não vão dar alegria para ninguém.

Terminado o estouro alegre da pipoca, no fundo da panela ficam os piruás que não servem para nada.

Seu destino é o lixo.

E você, o que é?

Uma pipoca estourada ou um piruá?


Agradeço a Deus pela vida da Tia Dulce que é uma bençao em minha vida muitas vezes tenho citado ela aqui no blog pois ela tem sido instrumento de Deus para me ajudar.Amo vc Tia Dulce. Tia Katy.

VIVEMOS PARA DEUS


Para o Senhor vivemos. Romanos 14.8

Se Deus o quisesse, cada um de nós teria sido levado ao céu no momento da conversão. Não era absolutamente necessário, em nossa preparação para a imortalidade, que nos demorássemos neste mundo. E possível uma pessoa ser levada ao céu e ser encontrada pronta a tomar parte da herança dos santos na luz, mesmo que ela tenha acabado de crer em Jesus. E verdade que nossa santificação é um processo longo e contínuo, e não seremos aperfeiçoados até que abandonemos nosso corpo e adentremos o véu; mas, apesar de ter o Senhor desejado fazer assim, Ele poderia ter mudado o nosso estado, da imperfeição para a perfeição, e nos transportado imediatamente ao céu.

Então, por que estamos aqui? Nosso Deus manteria qualquer de seus filhos fora do Paraíso por um momento além do necessário? Por que o exército do Deus vivo ainda está no campo de batalha, quando apenas um ordem poderia lhe dar a vitória? Por que seus filhos ainda estão vagueando aqui e ali, por um labirinto, quando uma única palavra de seus lábios os traria ao centro de suas esperanças no céu? A resposta é: eles estão aqui a fim de viverem para o Senhor e trazerem outros ao conhecimento do amor dEle.

Estamos neste mundo como semeadores da boa semente; como aradores, para sulcar a terra não-cultivada; como arautos, para proclamar a salvação. Estamos aqui como o sal da terra Mt 5.13, a fim de sermos uma bênção para o mundo. Estamos aqui para glorificar a Cristo em nossa vida diária, e trabalhar para Ele e cooperar com Ele II Co 6.1. Tenhamos certeza de que nossas vidas cumprem esses objetivos. Vivamos com seriedade, utilidade e santidade, para o louvor da glória da graça dEle
Ef 1.6. Que Deus vos abençoe podeorsamente..saiba que podes contar em tds os momentos nas alegrias e no choro Rm 12:15, estamos aqui para servirmos uns aos outros com amor e intercessões..és presente de Deus na minha vida!

PARA CULTO INFANTIL



1.O QUE IMPEDE A SUA COMUNHÃO COM DEUS ?
TEXTO: JOÃO 7.38

Objetivo Geral: Consagração, Serviço

Material necessário: Um bambu com alguns galhos,eo nós quebrados anteriormente,com exceção de um, que deverá ser quebrado na hora da mensagem.Uma jarra com água,alguns copos de plástico e um balde.
Ilustração:

jarra com agua



O Balde



copo de plastico
http://fotos.sapo.pt/TTCCqTRB305f1hG6jbRg/s320x240


bambu.


Mensagem:Vocês conhecem a história do bambu?Então vou lhes contar:
Havia um bambu que queria ser usado para alguma coisa útil.Não queria ficar lá plantado balançando de um lado para o outro.Ele viu que do outro lado da estrada havia uma pequena fonte d'água e as pessoas passavam perto dela com muita sede,mas não conseguiam alcançá-la.O bambu então disse -"Puxa, eu poderia ajudar aquelas pessoas, trazendo a água para perto delas e assim elas teriam suas necessidades satisfeitas." Então, um lenhador chegou e o tirou de onde ele estava e o levou até aquela fonte. Aí a água começou a correr através dele (pedir a ajuda de duas crianças ou um adulto e uma criança. Deixe o adulto levantar o bambu e a criança segurá-lo na outra ponta. Coloque um pouco da água da jarra, mas a água não passa).

o que está acontecendo? Qual é o problema? O problema estava na água? Não, o problema é que dentro do bambu havia uma parte dura, o nó do bambu,que não deixava a água passar, algo que ele tinha desde nascença.desde que ele havia nascido.Era alguma coisa que sempre estivera com ele.(Talvez o pregador queira falar do pecado original. O fato de que todos nós nascemos pecadores,com esta parte "dura" em nós). Aquele nó precisava ser quebrado.(neste momento o nó deve se quebrado,furado,usando-se um objeto duro como um cabo de vassoura ou uma chave de fenda por exemplo).

Ah, quando aquele nó foi quebrado doeu bastante. Mas aquilo precisou acontecer, caso contrário, a água não poderia correr através dele, e ele não poderia ajudar as pessoas.
Vamos tentar de novo. (Jogar a água e deixa-lá cair no balde na parte em que a criança está segurando).
Viram, agora a água pode fluir livremente.




O que nós podemos aprender com esta lição?
Que Deus deseja nos usar,mas existem partes duras na gente que impedem que Deus atue através de nós. Nós todos podemos ser instrumentos de Deus para ajudar as pessoas. Por isso precisamos estar ligados à fonte, ou seja a Deus. Mas, se há defeitos e problemas em nós, eles precisam ser quebrados.Quer exemplos do que pode fazer com que Deus não atue em nossas vidas ? O egoismo, coração endurecido,teimosia,nariz empinado, ou orgulho etc... todas estas coisas impedem que a água corra livremente. Isso impede que Deus atue através de nossas vidas. Você deseja que Jesus faça isto hoje na sua vida?

( Autor:Pastor Xavier)

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Tias e Alunos Ministerio Infantil Presbiteriana Renovada

 Tia Ana Claudia com as crianças
 Tia Laura e Tia Michele Cristina com as crianças
 Tia Silvia e Tia Cristiele
 Líder do Ministerio Infantil e Tia Michele Nagai
 Crianças orando pela Tia Cristiane

domingo, 20 de fevereiro de 2011

A LIÇÃO DO LÁPIS

Examine com atenção o caminho de teus pés e todos os teus passos sejam bem dirigidos". (Palavras da Bíblia no Livro Provérbio, capítulo 4 e verso 26).

O menino olhando a avó escrever pergunta: _A Sra. está escrevendo uma história vovó? - A avó sorrindo responde: _Sim, estou escrevendo uma história, no entanto, mais importante do que as palavras que estou escrevendo, é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse. - O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial. _Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida! - Diz o menino. _Tudo depende do modo como você olha as coisas - Responde a avó. _Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo. Qualidade nº1: você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade, e ao plano que Ele projetou para você, antes mesmo de você nascer. Qualidade nº2: de vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor. Qualidade nº3: o lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da verdade e da justiça. Qualidade nº4: o que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você. Finalmente, a qualidade nº5 do lápis: ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar marcas em você, e muitas vezes em outras pessoas, portanto, procure ser consciente em cada ação.
PARE E PENSE
As coisas que você faz, por mais simples que seja, faz a diferença.

Criança um vaso de valor.

A criança é como um vaso sendo moldado... e você pode ser o oleiro deste vaso.

O evangelismo infantil começa em casa
Desde cedo, os pais devem falar de Deus a seus filhos.
Contar as histórias da Bíblia, cantar e orar com eles.
Assim Deus ordenou à nação de Israel, através de Moisés:

“E estas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração;
e as intimarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa,
e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando-te”
(Deuteronômio 6:6-7).



Comunidade Favos de Mel ( Tia Dulce)
http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics?cmm=31331577

Recebi da amiga amada: Tia Dulce!! 

Aprendendo a fazer o chapéu do Soldado.






soldadinho

Recebi pelo orkut da minha amada irma e amiga do coraçao Tia Dulce.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Painel que eu fiz para culto infantil da minha igreja Presbiteriana Renovada

Agradeço a Deus por todas as Tias do ministerio da minha igreja pois sei que Deus tem nos capacitado para esta nessa obra linda.

Visitem a comunidade da Tia Dulce!!


Comunidade Favos de Mel ( TIa Dulce)
http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics?cmm=31331577

 Aqui nessa comunidade tem excelentes tópicos para quem é Lider de Ministério Infantil ou quem trabalha com crianças na EBD. Tenho ceterza que minha Líder Michele vai amar essa comunidade nao deixem de ver bjim Tia Katy

Fantoches com palito de sorvete





As crianças devem confeccionar!


INSTRUÇÕES:
1. Imprima as 6 figuras do arquivo.
2. Pinte os personagens. Você pode pintar como quiser!
3. Cole os desenhos em uma folha de cartolina mais grossa. Peça a ajuda da mamãe ou da professora!
4. Recorte as figuras na linha tracejada.
5. Cole os personagens em palitos de sorvete. Você vai precisar de 6 palitos.
6. Agora é só montar uma história e fazer o teatrinho acontecer! Chame seus amiguinhos para assistir!

Mas uma vez venho aqui agradecer a amada Tia Dulce que tem me ajudado com meu blog me enviando ótimas sugestoes para ministério infantil obrigada amiga que Deus lhe abençoe!! Recebi essa msg pelo orkut. 19/02/2011 hrs 22:34

Homenagem para amiga: Dercilene

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Equipe do Ministério Infantil Presbiteriana Renovada

Amigas do meu coraçao uma equipe que Deus sonhou e nasceu em seu coraçao!!
 Festa das crianças.
Classe da EBD Presbiteriana Renovada

Lição 05 - Deus, meu maior Amigo






A palavra-chave da aula de hoje é “AMIGO”. Durante o decorrer da...



Leitura Bíblica Gênesis 21.1-7

I. De professor para professor

Prezado professor, neste domingo o objetivo da lição é que a criança compreenda que Deus é o nosso maior e melhor amigo.

• É importante fazer uma recapitulação da aula anterior. Pergunte qual foi a palavra-chave estudada e qual o versículo aprendido.

• A palavra-chave da aula de hoje é “AMIGO”. Durante o decorrer da aula diga: “Deus ama e deseja ser o melhor amigo do .... (nome do aluno).”

II. Saiba Mais

Uma das mais importantes práticas que uma criança aprende a fim de obter uma boa saúde emocional por toda a sua vida é a habilidade de desenvolver e manter relacionamentos. Fazer amigos é claramente uma prática a ser aprendida, e não um processo automático. As crianças precisam ser ensinadas a como brincar e partilhar com outros; como desenvolver empatia aprendendo o que as outras crianças sentem; e como resolver conflitos quando há uma opinião diferente.

O número de amigos que a criança tem é menos importante do que a qualidade dos amigos. Sinceramente, amizades duradouras com uma ou duas crianças são adequadas para cultivar a alma da criança. Mesmo quando elas são bem novas, a presença de bons amigos pode confortá-las do estresse por meios que relacionamentos adultos não conseguem. As crianças precisam de relacionamentos calorosos, e precisam ser valorizadas e aceitas por outras crianças.

Amigos são espelhos, e ajudam as crianças a estabilizarem suas identidades. Eles são feedback — “Eu sou como as outras crianças da minha idade”.

O que os pais e professores podem fazer para ajudar a criança a fazer amigos

• Comece observando o comportamento específico da criança e o que a separa das outras. Por que ela não tem amigos?

• Diga imediatamente à criança quando seu comportamento impedir o desenvolvimento de uma amizade. Explique o que ela pode fazer para corrigir o problema.

SANFORD. Doris. Criança pergunta cada coisa... . Rio de Janeiro, CPAD, 2008.

III. Conversando com o professor

Por falar em amigo, que tipo de amigo você é? Existe uma grande diferença entre conhecer bem alguém e ser um verdadeiro amigo. A maior evidência da amizade genuína é a lealdade; estar disponível para ajudar nos momentos de angústia e dificuldade. Muitas pessoas são amigas de ocasião. Ficam por perto quando a amizade as beneficia e afastam-se quando não conseguem tirar proveito do relacionamento. Pense sobre seus amigos e avalie sua lealdade para com eles. Seja o tipo de amigo verdadeiro que a Bíblia nos encoraja a ser!

(Bíblia do Adolescente Aplicação Pessoal, CPAD.)

IV. Sugestão

Professor, certifique-se de que seus alunos saibam que Deus anseia por ter um relacionamento com eles. Deus quer uma amizade especial com eles, uma amizade que não poderá ter com mais ninguém porque cada criança é única.
http://www.cpad.com.br/escoladominical
 Postado por Tia Katy 18/02/2011 hrs 23:09

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Lição 5: Deus, meu maior Amigo.



MATERIAL DE APOIO A CLASSE DE JARDIM DE INFÂNCIA NA EBD.
Texto Bíblico: Gênesis 21:1-7.
1 O Senhor visitou a Sara, como tinha dito, e lhe fez como havia prometido.2 Sara concebeu, e deu a Abraão um filho na sua velhice, ao tempo determinado, de que Deus lhe falara;3 e, Abraão pôs no filho que lhe nascera, que Sara lhe dera, o nome de Isaque.4 E Abraão circuncidou a seu filho Isaque, quando tinha oito dias, conforme Deus lhe ordenara.5 Ora, Abraão tinha cem anos, quando lhe nasceu Isaque, seu filho.6 Pelo que disse Sara: Deus preparou riso para mim; todo aquele que o ouvir, se rirá comigo.7 E acrescentou: Quem diria a Abraão que Sara havia de amamentar filhos? no entanto lhe dei um filho na sua velhice.
Objetivo: Após a criança participar ativamente das experiências de ensino bíblico em classe, ela será capaz de copreender que embora Deus seja o Todo-poderoso, Ele nos ama e deseja ser o nosso melhor amigo.
Versículo visualizado: Palavra do dia:

Lembrancinhas:


Atividade:

Alfabeto para apresentação da Palavra do dia:


Pra apresentação da palavra do dia, faça cartões com as letras do alfabeto. Coloque as mesmas em uma caixa. Peça que cada criança retire um cartão e fale a letra que retirou. Elas terão que falar o nome de um amigo que começe com a letra retirada.
Nesta faixa etária as crianças ainda estão sendo alfabetizadas, por isso, será necessário ajudá0las para que todos participem. Depois mostre a letra J. Fale que o nome do nosso maior amigo começa com esta letra. Pergunte a classe: "quem é o nosso melhor e maior amigo? Isso, mesmo! Jesus é o maior e melhor amigo.
veja mais sugestões no site da CPAD: CLIQUE AQUI

A palavra-chave da aula de hoje é “AMIGO”. Durante o decorrer da...
Leitura Bíblica Gênesis 21.1-7
I. De professor para professor
Prezado professor, neste domingo o objetivo da lição é que a criança compreenda que Deus é o nosso maior e melhor amigo.• É importante fazer uma recapitulação da aula anterior. Pergunte qual foi a palavra-chave estudada e qual o versículo aprendido. • A palavra-chave da aula de hoje é “AMIGO”. Durante o decorrer da aula diga: “Deus ama e deseja ser o melhor amigo do .... (nome do aluno).”
II. Saiba Mais
Uma das mais importantes práticas que uma criança aprende a fim de obter uma boa saúde emocional por toda a sua vida é a habilidade de desenvolver e manter relacionamentos. Fazer amigos é claramente uma prática a ser aprendida, e não um processo automático. As crianças precisam ser ensinadas a como brincar e partilhar com outros; como desenvolver empatia aprendendo o que as outras crianças sentem; e como resolver conflitos quando há uma opinião diferente.O número de amigos que a criança tem é menos importante do que a qualidade dos amigos. Sinceramente, amizades duradouras com uma ou duas crianças são adequadas para cultivar a alma da criança. Mesmo quando elas são bem novas, a presença de bons amigos pode confortá-las do estresse por meios que relacionamentos adultos não conseguem. As crianças precisam de relacionamentos calorosos, e precisam ser valorizadas e aceitas por outras crianças.Amigos são espelhos, e ajudam as crianças a estabilizarem suas identidades. Eles são feedback — “Eu sou como as outras crianças da minha idade”.O que os pais e professores podem fazer para ajudar a criança a fazer amigos• Comece observando o comportamento específico da criança e o que a separa das outras. Por que ela não tem amigos?• Diga imediatamente à criança quando seu comportamento impedir o desenvolvimento de uma amizade. Explique o que ela pode fazer para corrigir o problema.SANFORD. Doris. Criança pergunta cada coisa... . Rio de Janeiro, CPAD, 2008.
III. Conversando com o professor
Por falar em amigo, que tipo de amigo você é? Existe uma grande diferença entre conhecer bem alguém e ser um verdadeiro amigo. A maior evidência da amizade genuína é a lealdade; estar disponível para ajudar nos momentos de angústia e dificuldade. Muitas pessoas são amigas de ocasião. Ficam por perto quando a amizade as beneficia e afastam-se quando não conseguem tirar proveito do relacionamento. Pense sobre seus amigos e avalie sua lealdade para com eles. Seja o tipo de amigo verdadeiro que a Bíblia nos encoraja a ser!(Bíblia do Adolescente Aplicação Pessoal, CPAD.)
IV. Sugestão
Professor, certifique-se de que seus alunos saibam que Deus anseia por ter um relacionamento com eles. Deus quer uma amizade especial com eles, uma amizade que não poderá ter com mais ninguém porque cada criança é única. 
http://pequeninos-de-jesus.blogspot.com/

CUIDANDO DE CRIANÇAS: Protegendo Nossos Filhos


Reações: 
Nos tempos bíblicos, as crianças quase sempre eram criadas no contexto familiar – muitas vezes uma grande família estendida. Elas raramente ficavam longe do alcance de um abraço amoroso e familiar ou da disciplina firme que as preparava para a vida.

A criação de crianças fora do círculo familiar demanda que os pais tentem recriar as condições especiais de cuidado encontradas no clima de paz e proteção da família. A construção da autoconfiança, responsabilidade e contentamento pode ser um desafio estressante para todos.

Nada pode ser pior, em termos bíblicos, do que nos sentirmos órfãos, isolados e sozinhos. Jesus garantiu aos seus discípulos quando começaram a temer pelo pior no futuro: "Não vos deixarei órfãos, voltarei para vós outros" (Jo 14.18). Alguma coisa na natureza do amor divino só encontra sua plena realização quando a intimidade, proximidade e disponibilidade estão ali para serem aproveitadas.
A história do amor divino na Bíblia revela a qualidade de "estar presente" do começo ao fim. A criação de filhos fora de casa pode ser cômoda para algumas famílias, mas uma decisão desse porte deve sempre ser calcada em oração e cuidadosamente avaliada. Se nós, os pais, somos os representantes de Deus na vida de nossos filhos, devemos nos certificar de sempre "estar presentes" em tudo que diz respeito a eles, tomando decisões referentes a educação de modo condizente com esse princípio criação de filhos levando em conta isto.
Veja também em Dt 6.1-9; Sl 127 – 128; 139; Ez 16.20-21; Mt 18.3
http://www.miga.com.br/

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Deixe Deus trabalhar em sua vida.

“Palavra do SENHOR que veio a Jeremias,
dizendo: Dispõe-te, e desce à casa do oleiro, e lá ouvirás as minhas
palavras. (...) Então, veio a mim a palavra do SENHOR: Não poderei eu
fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? — diz o SENHOR; eis
que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa
de Israel.” (Jeremias 18:1-2, 5-6)
Deus nos dotou de bênçãos. A
palavra nos garante que somos abençoados com o crente Abraão, nosso pai
na fé. Mas é necessário, dia após dia, reconhecermos que mesmo dotados
de bênçãos, herdeiros de tudo o que Jesus conquistou na cruz, temos que
nos voltar à Casa do Oleiro.
Casa do Oleiro não é somente irmos à
igreja todo santo domingo, ou simplesmente cumprir a agenda da igreja,
não deixando de faltar um só culto. Voltar a Casa do Oleiro é se
humilhar diante de Deus, é reconhecer que não somos nada perante toda a
glória e todo o poder de Deus, reconhecer a soberania de Deus. Ter uma
vida íntima com o Senhor.
Sem Deus não somos nada. Sem Deus não somos capazes de fazer
Sem Deus não somos nada. Sem Deus não somos capazes de fazer sequer uma oração.
Muitas
das vezes nós não sabemos, mas determinadas coisas acontecem em nossas
vidas com a permissão de Deus, pois não estamos voltados à casa do
oleiro.
Deus faz o que quer com nossas vidas. A palavra nos diz que nenhuma folha de árvore cai sem que haja a permissão de Deus.

http://amulherqueora.blogspot.com/    Postado por Tia Katy

FILHOS SÃO COMO NAVIOS



Ao olharmos um navio no porto, imaginamos que ele esteja em seu lugar mais seguro, protegido por uma forte âncora.Mal sabemos que ali está em preparação, abastecimento e provisão para se lançar ao mar, destino para o qual foi criado, indo ao encontro das próprias aventuras e riscos.Dependendo do que a força da natureza reserva para ele, poderá ter de desviar da rota, traçar outros caminhos ou procurar outros portos.Certamente retornará fortalecido pelo aprendizado adquirido, mais enriquecido pelas diferentes culturas percorridas.E haverá muita gente no porto, feliz à sua espera.Assim são os FILHOS.Estes têm nos PAIS o seu porto seguro até que se tornem independentes.Por mais segurança, sentimentos de preservação e de manutenção que possam sentir junto dos seus pais, eles nasceram para singrar os mares da vida, correr os próprios riscos e viver as próprias aventuras.Certos de que levarão os exemplos dos pais, o que eles aprenderam e os conhecimentos da escola mas a principal provisão, além da material, estará no interior de cada um:A CAPACIDADE DE SER FELIZ.Sabemos, no entanto, que não existe felicidade pronta, algo que se guarda num esconderijo para ser doada, transmitida a alguém.O lugar mais seguro em que o navio pode estar é o porto. Mas ele não foi feito para permanecer ali.Os pais também pensam ser o porto seguro dos filhos, mas não podem se esquecer do dever de prepará-los para navegar mar adentro e encontrar o próprio lugar, onde se sintam seguros, certos de que deverão ser, em outro tempo, esse porto para outros seres.Ninguém pode traçar o destino dos filhos, mas deve estar consciente de que, na bagagem, eles devem levar VALORES herdados, como HUMILDADE, HUMANIDADE, HONESTIDADE, DISCIPLINA, GRATIDÃO E GENEROSIDADE.Filhos nascem dos pais, mas devem se tornar CIDADÃOS DO MUNDO. Os pais podem querer o sorriso dos filhos, mas não podem sorrir por eles. Podem desejar e contribuir para a felicidade dos filhos, mas não podem ser felizes por eles.A FELICIDADE CONSISTE EM TER UM IDEAL E NA CERTEZA DE ESTAR DANDO PASSOS FIRMES NO CAMINHO DA BUSCA.Os pais não devem seguir os passos dos filhos. e nem devem estes descansar no que os pais conquistaram.Devem os filhos seguir de onde os pais chegaram, de seu porto, e, como os navios, partir para as próprias conquistas e aventuras.Mas, para isso, precisam ser preparados e amados, na certeza de que
QUEM AMA EDUCA.

Mensagem enviada por Tia Dulce ao meu orkut. Obrigada Tia Dulce que Deus continue lhe capacitando e abençoando sua vida pois vc é vaso escolhido do Senhor amo vc!!

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Quem ganha uma criança para Cristo ganha uma vida inteira.

Jesus te ama por isso Sorria!

são poucas as igrejas que tem o culto infantil uma vez por mes, e o culto infantil é muito bom para que as crianças aprendam a falar ,cantar em público e levar seus amiguinhos para ouvir a palavra de Deus, vamos orar para que nossas crianças tenham sempre o culto infantil.



RECEITA PARA NUTRIR SUA ALMA
1)- 3 porções de oração .............................I Tess. 5:17-22
2)- 1 xíc. bem cheia de meditação ...........Sl. 1:1-3
3)- 3 colheres de sopa de santificação ....Gal. 5:22-26
4)- 3 xícaras de mansidão ........................Mat. 11:29
5)- 7 pitadas (x 7) de perdão ....................Mat. 6:12
6)- 2 doses grandes de obediência ..........I Pedro. 1:22

MODO DE PREPARAR
Prepare com adoração ...........................João 4:24.
Junte todos os ingredientes batendo com bastante entendimento, não deixando de acrescentar um pouco mais de santificação.
Coloque na forma do Senhor e leve ao forno de seu coração.
Em seguida coloque no altar e descanse no Senhor.
“SUA VIDA ESTA PRONTA PARA SERVIR”.  Essa mensagem também recebi da minha amiga e irma Tia Dulce . Obrigada Tia Dulce

Direitos da Criança Cristã



1. Direito a não morrer pelos pecados cometidos. Jesus já pagou o preço exigido por Deus (Rm 5.8).

2. Direito de conhecer o Caminho, a Verdade e a Vida (Jo 14.6).

3. Direito a ser filho de Deus através de Jesus Cristo (Jo 1.12).

4. Direito à vida abundante em Cristo (Jo 10.10).

5. Direito a ter uma armadura completa para defender-se do mal (Ef 6.11).

6. Direito de orar e receber resposta (Mt 7.8).

7. Direito de ressuscitar no último dia (1 Ts 4.14).

8. Direito a um novo nome na Glória (Ap 2.17b).

9. Direito a pertencer ao corpo de Cristo e atuar como parte importante nele (1Co 12.22).

10. Direito de receber proteção e cuidado especial para obter um crescimento saudável no conhecimento de Deus

Festa da Pipoca






Que tal fazer um Cultinho diferente pra sair da rotina?
Existem diversas idéias interessantes, criativas e que nao saem caro, quando os recursos são limitados.

Uma idéia original, economica e divertida, é a famosa Festa da Pipoca! Com algumas adaptaçoes para a realidade de cada Ministério, a diversão esta garantida!
Os resultados podem ser maravilhosos ser for feito com carinho e um pouquinho de criatividade!

Sugiro uma programação adaptada, com Canticos, decoração, devocional e brincadeiras que podem ser utilizados no periodo do Cultinho Infantil ou em alguma tarde de sabado. Com uma pitada do "tempero especial "de cada um, a programação fica ainda melhor!

Download da programação:
Festa da Pipoca

Cantigos sugeridos:
Crente Pipoquinha (Cristina Mel - 4 Kids)
Autor da Criação (Criança diante do Trono vol 1)
A bicharada (Aline Barros - Bom é se criança vol 2)

Convite para a Festa!




----------------------------------------------------
Para voce Tia Katy colocar em seu album ou guardar e realizar essa festinha gostosa.

Tia Dulce.  Recebi hj no meu orkut essa gostosa idéia da Tia Dulce essa pessoa que tem sido um presente de Deus em minha vida Obrigada Tia Dulce pelo seu imenso carinho comigo.

O FRUTO DO ESPÍRITO

MODELOS DE MARCADORES COM O TEMA O FRUTO DO ESPÍRITO


























O FRUTO DO ESPÍRITO - Em Galatas 5:16 - 23 Paulo contrasta duas abordagens diferentes para a vida - fazer as coisas com as próprias forças versus permitir que o Espírito de Deus trabalhe por nosso intermédio.
Abaixo segue os 9 características que compõe o fruto do Espírito
(Fonte: Bíblia de Recursos para o Ministério com Crianças - APEC|ED. HAGNOS)

















AMOR - O fruto do Espírito começa quando correspondemos o amor deDeus. O amor é uma parte essencial da natureza humana.Ele nos ama apesar de todos os nossos pecados e fez o sacrificio supremo para nos salvar desses pecados. Uma vez que recebemos o Senhor Jesus, podemos amar outros com o tipo do amor de Deus.















ALEGRIA - É um sentimento profundo de contatamento e prazer que tem sua origem numa consciência limpa. Ela pode estar presente mesmo quando as coisas não vão bem. Surge quando obedecemos a Deus e confiamos nas suas promessas.



















PAZ - É serenidade interior - tranquilidade no coração,mente e alma, que vem quando aprendemoas a confiar em Deus e mantemos nosso pensamento nEle. Jesus promete paz a todos os salvos.Primeiro, ganhamos paz com Deus, conhecendo o perdão de pecados por meio de Cristo. A seguir podemos experimentar a paz ade Deus, mediante a oração e a dependência.















LONGANIMIDADE - Á palavra no hebraico para longanimidade quer dizer "lento em irar-se", frequentemente traduzida como "paciência". Aprendemos a ser longanimos a medida que passamos dificuldades, pois Deus ira nos ajudar a suportar sem nos zangarmos ou revidarmos se alguém nos fizer algum mal.















BENIGNIDADE - É fazer o bem para alguém ou tratar bem a alguém porque você sinceramente se importa com ele(a).















BONDADE - Ser bom é fazer o que é c erto. É mostra pelas nossas obras um caráter digno de louvor e excelência moral. Só Deus é perfeitamente bom, mas os salvos que vivem sob o controle do Espírito Santo manisfestarão esse atributo divino em pensamento, palavras e atos.















FIDELIDADE - A pessoa fiel é estável, confiável e leal. Só Deus é completamente fiel e Ele fará de nós o tipo de pessoa em quem outros possam confiar, atraves do Espírito de Deus habitando em nós.















MANSIDÃO - A mansidão começa com a verdadeira humildade. Devemos compreender e aceitar ós mesmos e a outras pessoas como sendo valiosos aos olhos de Deus. Quando apreciamos o valor de cada individuo e compreendemos suas necessidades, vamos tratar a todos com mansidão, consideração, respeito e compaixão















DOMÍNIO PRÓPRIO - Quando o crente decide permanecer sob o poder do Espírito Santo para controlar seus pensamentos, sentimentos e atos, ao ínves de permitir que eles o dominem, esta exercendo domínio próprio sob a direção do Espírito.
http://menibracjundiai.blogspot.com/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...