Seguidores

Páginas

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Como um menino usou a Armadura de Deus.

Como um menino usou a Armadura de Deus

Guto tinha acabado de receber sua mesada e correu então para a casa de Jorge.

__ Oi, Jorge, - disse ele.

__ Tenho dinheiro para comprar uma faca agora. Quer ir comigo?

Os dois meninos correram para a loja onde haviam visto a faca especial que Guto queria levar para o acampamento. Era sábado, e o acampamento começava na segunda. Ele ia comprar a faca em boa hora.
Eles foram até o canto do balcão onde a faca estava exposta. - Lá está ela! - exclamou Guto e depois parou:

__Jorge, quanto custava esta faca na semana passada? Perguntou Guto

__ Dois reais e cinquenta centavos, respondeu Jorge.

__ Sei que era isso - concordou Guto. - Mas, veja, agora são três reais. E eu não tenho isso, só tenho R$2,50.

__Olhe Guto - sussurrou Jorge. - Não há ninguém deste lado da loja. Ninguém vai ver. Pegue a faca e vamos embora. Ninguém vai descobrir. Guto olhou em volta para verificar.

Depois, sem refletir, pegou a faca e a colocou no bolso. Os dois meninos saíram então da loja e foram andando até o parque; mas Guto se sentia profundamente infeliz.

__ Jorge, eu não devia ter feito isso!! - disse ele.

__Por quê? - Perguntou Jorge - Ninguém viu.

__ Mas Deus sabe - Replicou Guto. Guto era crente, mas Jorge não. Guto esperava que o amigo se tornasse crente, mas agora estava certo de que havia estragado tudo. Os salvos não devem roubar. Como daria testemunho ao amigo depois do que fizera?

Na semana seguinte, no acampamento, Guto aprendeu como superar essa tentação usando a "armadura" de Deus. Por ser salvo, ele tinha o "capacete da salvação", a promessa de que o próprio Senhor Jesus o livraria da tentação. Ao invés de pensar: "Preciso ter uma faca agora", ele poderia ter pensado: Quero essa faca para o acampamento, mas não tenho dinheiro suficiente, portanto, não posso comprá-la no momento.


Foi desonesto roubar a faca. Era uma espécie de mentira. Guto não fez uso do "cinto da verdade" nem da "couraça da justiça" (agir corretamente). A maneira de usar o cinto e a couraça e levar a faca de volta a loja e confessar o que havia feito. Ele nem sequer usou a faca.

Quando Guto aprendeu como o Senhor Jesus derrotou Satanás usando a Palavra de Deus, " a espada do Espírito", ele soube que poderia ter derrotado Satanás se tivesse lembrado do mandamento: "Não furtarás".

E se Guto tivesse lembrado de orar, ele nunca teria roubado a faca.O menino se sentia terrivelmente infeliz. Cada vez que olhava para a faca ficava com dor de estômago. Não poderia testemunhar para Jorge enquanto estivesse assim confuso.Para ter paz, decidiu acertar acertar as coisas com a loja. Jorge então veria a diferença na vida de Guto e este poderia compartilhar as "boas novas da paz" com o amigo. Foi justamente isso que Guto fez ao voltar para casa depois do acampamento.Ao invés de desistir por não ter o "escudo da fé" para aparar os dardos ardentes de Satanás, Guto agora podia pedir e receber o perdão de Deus ao confessar o seu pecado. (I João 1:9).

Se você as vezes esquece de usar a armadura de Deus, como fez Guto, pode obter ainda vitória. Confesse o seu pecado e creia em Deus para ter o perdão que Ele prometeu conceder. Não deixe então de pedir a Ele que o ajude a usar a armadura da próxima vez que Satanás vier tentá-lo com suas estratégias.

1 comentários:

Kleizy Nunes Cordeiro disse...

Parabéns pela ótima dica. Que Deus continue abençoando sua vida.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...