Seguidores

Páginas

sábado, 23 de abril de 2011

Painel Para Dia das Maes

Com muito carinho eu fiz esse painel para minha amiga Mariângela do Blog: http://escolaarcadenoegja.blogspot.com/ fica aqui como uma sugestão para um lindo painel espero que ela goste e que Deus abençoe essa amiga e irmã em Cristo tão linda que encontrei pela net.  







Musica da Turma do Printy

A família vai crescer!                                                                                                
Mãe
Eu hoje venho falar,
De alguem que está sempre pronta a amar
E em todo momento,me tras um alento,
Me ajuda e me ensina a andar
Eu hoje quero dizer,
É maravilhoso teu jeito de ser
Com os olhos de amor ,edificas o lar,
Consagrando tua casa no altar
Mãe tão virtuosa sim
O teu valor excede ao de rubis
Na tua boca instrução fiel
Tão doce quanto mel

Jogral para o dia das Maes

 
 
             
                                                                                            

DIA DAS MÃES- JOGRAL

JOGRAIS
1-Guardando as coisas boas no coração


[TODO O GRUPO DE JUNIORES SE ACOMODA NA FRENTE DA IGREJA E ESCALA-SE 3 JUNIORES PARA O JOGRAL].

NO FINAL DO JOGRAL TODOS RECITAM EM UNÍSSONO PV 5:20.
"Não abandones a instrução de tua mãe"(Provérbios 5.20)

Junior 1:para um filho, as coisas que a mãe fala são sempre muito importantes.

Junior 2 : Muitas coisas ficam gravadas na mente

Junior 3: e a pessoa se lembra delas até ficar adulto.

Todos os 3 : Guardando as coisas boas no coração

Junior 1 : As mães (e os pais também) ensinam coisas importantes para a vida toda

Junior 2 : Tente lembrar agora algumas coisas boas que sua mãe ensinou ou palavras que lhe deixaram feliz.

Junior 3 : A Bíblia nos ensina a sempre prestar atenção nas orientações de nossos pais e também a obedecer-lhes.

Todos os 3: VOCÊ TEM FEITO ISTO?

O grupo inteiro: "Não abandones a instrução de tua mãe"(Provérbios 5.20)
-----------------------------------------------------------------------------
                                                                           
http://fabriciodaniela.blogspot.com/

Dia das mães evangélico

dia das mães evangelico

Frases dia das mães Evangelico


"Faz com que a mulher estéril habite em casa, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao SENHOR." salmos 113:9

"Mamãe, você está nas melhores lembranças da minha vida! Que Deus lhe recompense por tudo! Te amo!"

"Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti." Isaías 49:15

"Mãe obrigado por você ser uma grande benção pra mim."

"Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe.Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem."salmo 139:13-14

"E o oscar de melhor mãe vai para você! O amor de Deus é o melhor prêmio! Te amo mamãe!"

"Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá." Exôdo 20:12

"Dizem que em coração de mãe sempre cabe mais um mas o meu coração, mamãe, é todinho teu! Eu te amo! Que Deus te abençoe sempre!"

"Aquele que os guiou pelos abismos, como o cavalo no deserto, de modo que nunca tropeçaram?" Isaías 63:13

"Agradeço a Deus pelo amor, paciência e amizade. Te amo mamãe querida!"

"Trazendo à memória a fé não fingida que em ti há, a qual habitou primeiro em tua avó Lóide, e em tua mãe Eunice, e estou certo de que também habita em ti." 2 Timóteo 1:5

"Mãe...
... mulher protetora, e atenciosa.
...Traz a vidas, com a bênção de Deus, para cumpri esta função:
Ser Mãe Maravilhosa! Meus Parabéns de Coração!"
http://thepescador.blogspot.com/

sábado, 9 de abril de 2011

A Pedido da minha querida amiga Tia Keity estou postando essa peça que é uma bençao!



Peça Teatral - Diversão pura!

A Formiguinha
Numa tarde de inverno, a Dona Formiga, não sabendo do grande frio que já estava pela cidade, resolve sair de sua casa à procura de alimentos para os filhinhos. Quando, caminhando e recolhendo as folhinhas, de repente...
Formiguinha: Ai, ai, meu pezinho ficou preso no gelo, e agora, o que vou fazer, preciso levar alimento para os meus filhinhos... ah e agora, se eu ficar aqui vou morrer de frio...
Ah! Já sei!
(Vira-se para o lado e diz para o sol)
Formiguinha: Seu Sol Seu Sol, Tu que és tão forte que derretes a neve, desprende o meu pezinho!
Sol: Não posso Formiguinha, pois mais forte do que eu, é o muro que me tapa.
(o muro tapa o sol)
Formiguinha: Seu muro, tu que és tão forte, que tapas do sol, que derrete a neve, desprende meu pezinho.
Muro: Não posso Formiguinha, pois mais forte do que eu é o gato que me arranha.
(cabisbaixo... entra a gata)
Formiguinha: Dona Gata, Dona Gata, Tu que és tão forte que arranhas o muro, que tapa o sol, que derrete a neve, desprende o meu pezinho.
Gata: Não posso Formiguinha pois mais forte do que eu, é o cão que me persegue.
Formiguinha: Ah, ninguém pode me ajudar.
(Entra o cão)
Formiguinha: Seu cão, seu cão, Tu que és tão forte que persegues a gata, que arranha o muro, que tapa o sol, que derrete a neve, desprende o meu pezinho.
Cão: Não posso Formiguinha pois mais forte do que eu, é o homem que me bate.
(entra o homem)
Formiguinha: Seu homem, tu que és tão forte que bates no cão, que persegue o gato, que arranha o muro, que tapa o sol que derrete a neve, desprende o meu pezinho.
Homem: Não posso Formiguinha.
(Formiguinha de cabeça baixa)
Homem: Existe um que é bem mais forte do que eu. Esse pode te ajudar. Deus. É só você pedir a Ele.
Formiguinha: Ele não me ouvirá.
Homem: Ouvirá sim. É só você pedir com toda a sua força.
Formiguinha: Então ta bom. Oh! Deus que és tão forte! Deus que tudo pode! Solte o meu pezinho.
(O sol reaparece na frente do muro.)
Formiguinha: Oba! Oba! Deus mandou o sol que derreteu a neve e soltou me pezinho.
(Aí faz uma aplicação para a vida da criança, referente a medo, confiança em Deus)
Depois da Formiguinha se despede e volta para a casa.

quarta-feira, 6 de abril de 2011


Para todos aqueles que amam as crianças

         Querida mamãe ou papai, vovó ou vovô, titia ou titio, professor ou educador, ou seja lá quem for que te­nha o amor do Pai pela criança que lê este livro, Deus quer falar com as crianças. As crianças querem falar com Deus, e o quanto antes ensiná-las melhor. Não importa a idade da criança, ela nunca é pequena demais para aprender a orar.
         Muitos livros maravilhosos foram escritos sobre a oração, mas grande parte deles destina-se aos adultos. Por que os adultos ficam com todos os livros bons? As orações dos adul­tos são mais poderosas do que as da criança? Não necessaria­mente. Conheço muitas crianças que têm grande fé e sabem orar muito bem. Suas orações são mais poderosas do que as de um adulto que tem fé fraca e raramente conversa com Deus.
         Nenhum adulto jamais deve subestimar o potencial das orações da criança, porque o poder das orações dela é igual ao das orações do adulto. E o poder de Deus. Se a fé é a centelha que inflama esse poder, então não há limite para o brilho da chama que arderá no coração da criança nem para o que Deus poderá fazer em resposta. Que importa se quem ora é grande ou pequeno?
         As crianças tendem a ter uma fé pura, estão prontas para crer em Deus e dispostas a confiar na resposta dele para suas orações. Elas não têm as mesmas dúvidas e perguntas sobre oração que têm os adultos. As crianças podem aprender facil­mente a orar, a agradecer a Deus quando suas orações são res­pondidas e a discernir as respostas para uma oração respon­dida de forma inesperada. Elas só precisam saber que Deus é real, que ele ouve as orações delas e que ele lhes responderá.
         As crianças têm paixão. À medida que elas crescem, essa paixão aumenta. E tenha certeza de que elas usarão essa pai­xão para alguma coisa, seja para o bem ou seja para o mal. Mas você pode ajudá-las a aproveitar essa paixão e usá-la para o Senhor, ensinando-as a ter um relacionamento honesto, aberto, íntimo e apaixonado com Deus enquanto são crian­ças.

Quanto mais cedo aprenderem, menor será a dificulda­de para manter uma vida de oração ativa quando ficarem mais velhas. Não pense que seu filho é pequeno demais para entregar a vida a Deus. O inimigo certamente não pensa que seu filho é pequeno demais para cumprir na vida dele os seus planos. E mais fácil ensinar uma criança a orar do que mais tarde remediar uma situação difícil que poderia ter sido evitada com a oração.
         Se você quer ver Deus agir de um modo especial em seu filho, ensine-o a conversar com seu Pai celestial. Este livro será útil. As crianças não podem ter um relacionamento ínti­mo com Deus a menos que aprendam a ter o hábito de co­municar-se com ele em oração. Você se surpreenderá quando seu filho começar a orar sozinho. Nada poderá aquecer mais seu coração do que ouvir dos lábios de seu filho uma oração inspirada pelo Espírito Santo.
         Deus quer que os adultos se aproximem dele como criancinhas. De modo aberto, honesto, ousado e apaixonado. Po­demos aprender muito sobre isso com as crianças, e elas podem aprender muito conosco quando vêem e ouvem nossa oração. As crianças que existem em sua vida prestam atenção no que você faz.
         Convide-as a participar de suas orações, ore com elas e por elas. As crianças rapidamente se enchem do amor de Deus e se dispõem a compartilhá-lo, por isso as incentive a orar pelos outros também. Nunca hesite em pedir a seus filhos que orem por você. Orar por você os incentiva a participar de uma vida de oração ativa e vital, faz uma oração comum parecer natural e um hábito para eles, ajuda-os a fa­zer da oração um modo de vida. Além disso, nunca sabe quan­do você poderá precisar de uma oração tão poderosa, pura e cheia de fé como a de uma criança.
         Não se esqueça de dizer a seus filhos que você sempre terá prazer em orar com eles que quiserem. Algumas vezes, você conseguirá saber mais coisas sobre eles e sobre o que está acontecendo na vida deles em um único pedido de oração e terá uma percepção que talvez não conseguisse de outra for­ma. Se você nunca orou com eles antes, peça desculpas por isso e diga a eles que pretende compensar o tempo perdido agora. Eles apreciarão suas orações, e você terá um relaciona­mento mais profundo com eles.
Fonte : Livro O Poder da Criança que ora

História: A Ovelhinha Perdida



VERSO PARA MEMORIZAR:
O Pai de vocês, que está nos Céus, não quer que nenhum destes pequeninos se perca.” Mateus 18:14, NVI

REFERÊNCIA BÍBLICA:
Mateus 18:12-14; Lucas 15:3-7;

OBJETIVOS:
SABER que Jesus pode encontrá-la onde ela estiver.
SENTIR-SE amada e preciosa para Jesus.
RESPONDER permitindo que Jesus a salve de seus pecados.
MENSAGEM CENTRAL:
Quando estou longe de Jesus, Ele vem à minha procura.


Certa vez Jesus estava ensinando. Muitos cobradores de impostos que eram odiados pelo povo e pessoas que tinham fama de serem más estavam escutando.
Os fariseus que eram os homens que não gostavam de Jesus e que entendiam muito da Lei começaram a criticar Jesus e a dizer:
- “Este homem se mistura com gente de má fama e come com eles!”
Jesus então contou-lhes uma parábola.


“Um homem tinha cem ovelhas.


E uma delas se perdeu, o que ele fez?


Deixou as noventa e nove pastando no campo e foi procurar a ovelha perdida até achá-la.






Quando a encontrou ficou muito contente, pegou-a e voltou com ela carregada nos ombros.

Chegando em casa, chamou os amigos e vizinhos e disse: “Alegrem-se comigo porque achei a minha ovelha perdida!”

Jesus então lhes disse: “ Do mesmo jeito haverá maior alegria no céu por uma pessoa de má fama e pecadora que se arrepende do que 99 pessoas justas e boazinhas que não precisam se arrepender.
VAMOS PENSAR!
O pastor poderia pensar:
“- Ah! só uma ovelha se perdeu... ela não me fará falta. Eu ainda tenho um rebanho com 99.”
Só que um pastor sabe que a ovelha não enxerga bem, que só obedece a voz de comando dele e que quando separa-se do rebanho fica sem saber o que fazer, servindo de presa fácil para qualquer lobo esfomeado.
O Salmo 23.1 diz: “O Senhor é o meu pastor: nada me faltará.”
Quem é este pastor do Salmo?
Isso mesmo: Jesus.
O que será que Jesus quis ensinar com esta parábola?
Que ele se importa com as pessoas que fazem coisas erradas e que se perdem, não conseguindo seguir a Palavra de Deus.
Jesus sendo o pastor irá sempre buscar as pessoas que são dEle para trazê-las de volta para junto daquelas que a amam também.
Jesus é o seu pastor?
Você já o recebeu como Salvador?
Então você não é uma ovelha perdida e Jesus estará sempre junto com você.
http://kantinhodacrianca.blogspot.com/

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Ganhando o sorriso de Deus
Texto: “Noé, porém, achou graças aos olhos do Senhor” Gênesis 6:8.

Quebra Gelo: O que faz Deus Sorrir?
Introdução: Noé foi o único seguidor de Deus que restou da sua geração, foi o segundo “pai” da raça humana; homem de paciência, consistência e obediência – é incrível como os homens tendem a se esquecerem de Deus e rapidamente se desviarem dos propósitos de Deus.
Na época de Noé, todo mundo vivia para seu próprio prazer, e não para o de Deus – Noé porém agradava a Deus, provavelmente o fazia sorrir. E porque ele agradou a Deus é que nós estamos vivos – a história de Noé nos mostra alguns passos para agradecer a Deus.

1. AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS – A Bíblia diz que Noé seguia a Deus ininterruptamente e desfrutava de um íntimo relacionamento com ele – e o que Deus mais quer é ter um relacionamento conosco, ser amigo – por isso não está interessado em sacrifícios, mas no nosso amor. Servi-Lo e adorá-Lo em amor. Tanto que o primeiro e maior mandamento é amar a Deus sobre todas as coisas. Quando seguimos também o segundo mandamento que é amar ao próximo como a nós mesmos, também arrancamos bons sorrisos de Deus – demonstramos isso quando agimos com sinceridade e amor, respeito e ética humana, humildade, solidariedade e companheirismo.

2. DEUS SORRI QUANDO CONFIAMOS NELE COMPLETAMENTE – Noé confiou em Deus, mesmo quando não fazia sentido. Pela fé fez o que Deus queria e ordenará... Imagine a cena. Tinham 3 problemas que poderiam ter despertado dúvida em Noé:
Primeiro: Noé jamais tinha visto chuva, porque Deus irrigava a terra com água que brotava do solo;

Segundo: ele estava muito longe do mar;

Terceiro: ele ainda tinha que reunir e tomar conta dos animais, mas mesmo assim Noé atendeu prontamente a Deus e demorou 120 anos para construir a arca.
Quando confiamos em Deus nós assinamos uma folha em branco e deixamos que Deus escreva a história de nossas vidas e nos faça o melhor. “Eu bem sei que pensamentos penso de vós, diz o Senhor; pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que esperais.” Jeremias 29:11

3. DEUS SORRI QUANDO LHE OBEDECEMOS INCONDICIONALMENTE – tudo tinha que ser conforme a ordem de Deus – Noé obedeceu completamente e exatamente aquilo que o Senhor havia lhe ordenado. Ele não fez restrições apenas obedeceu. Obediência atrasada é desobediência. A compreensão pode esperar, mas a obediência não. Uma vida obediente a Deus pode lhe ensinar mais sobre Deus que uma vida inteira de discussão bíblica... Davi pedia um coração puro (SL.51:10) um coração puro não é um coração vazio, mas um coração obediente... A fé nos traz a salvação; a obediência ativa, por sua vez, demonstra que a fé é genuína...

4. DEUS SORRI QUANDO LOUVAMOS E DAMOS GRAÇAS – É bom receber elogios e agradecimentos sinceros – Deus também gosta – a Ele expressamos nossa gratidão, adoração e amor – as outras pessoas nós demonstramos educação, incentivo, amor e amizade. Notamos que após o dilúvio Noé ofereceu sacrifício – nosso sacrifício hoje é louvor e adoração, porque o sacrifício foi feito lá na cruz. Quando agradamos a Deus e trazemos gozo ao coração do Pai o nosso coração também se enche de prazer e alegria intensa.

5. DEUS SORRI QUANDO USAMOS NOSSAS HABILIDADES – Temos que fazer conforme tudo o que Deus nos deu – constituir famílias, trabalhar, estudar, etc... sermos seres humanos. Foi para isso que Deus nos fez. Deus não é e nem esta indiferente as outras áreas da nossa vida, Ele não se alegra somente quando oramos, jejuamos, lemos a palavra, mas em todos os momentos Deus encontra prazer na sua criação... a única coisa que não agrada a Deus é o pecado, mas todas as outras coisas podem ser para louvor Dele. Deus nos dotou de maneiras distintas para o seu deleite. Não existem habilidades “não espirituais”, mas sim habilidades mal empregadas. Comece a usar suas habilidades para o prazer de Deus.
Deus também tem prazer em ver você desfrutar da criação, deu olhos para você apreciar a beleza da criação, ouvido para apreciar sons, nariz e papilas gustativas para apreciar perfumes e sabores e nervos na pele para apreciarmos o toque – tudo isso para o seu prazer e para sua adoração... Não é a criação maior que seu criador, mas a criação adora seu criador.
Os pais não exigem filhos perfeitos ou mesmo maduros para ama-los – da mesma forma Deus te ama em todo seu desenvolvimento
Quando vivemos a luz da eternidade a pergunta não é mais “quanto prazer eu tenho na vida, mas sim quanto prazer Deus tem em minha vida?” Deus esta procurando Noés – pessoas dispostas a viver para o prazer do Senhor.
Conclusão: O maior objetivo de nossas vidas tem que se agradar a Deus – para se ter sentido – não há nada que Deus não faça pela pessoa totalmente concentrada neste objetivo.

A ALEGRIA DO SENHOR É A NOSSA FORÇA.
(transcrito)
O verdadeiro significado da Páscoa





Estudo: “A Páscoa”


1- Objetivo: Ensinar para as crianças que Jesus é a verdadeira Páscoa. Ele é o Cordeiro Pascal que foi morto para nos dar vida!

2- Quebra-Gelo: Quando você ouve a palavra “páscoa” o que vem à sua mente?

3- Versículo para Memorizar: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. João 1:29

4- Referência Bíblica: Êxodo 12

5- Mensagem:
A Páscoa está chegando! A maioria das pessoas pensa em coelhos e chocolates. Os coelhos são muito fofinhos, e é muito gostoso comer chocolate. Aliás, não precisamos ter uma data certa para comer chocolate, a única diferença é que o chocolate, nessa data, é feito no formato de um ovo. Mas qual é a origem dos ovos de páscoa? Era costume, em todo mundo, presentear as pessoas com ovos de galinha, ganso ou codorna. Esses ovos eram pintados à mão, com cores bem vivas e alegres. O coelho passou a ser símbolo da páscoa também, mas o que todos dizem é que o coelho representa a fertilidade, pois os coelhos geram muitos filhotes. O ovo era considerado símbolo de vida, o chocolate significa força e energia. Mas, na verdade , o significado da Páscoa tem a sua origem na Palavra de Deus, e não tem nada a ver com ovos de chocolates ou coelhos. Vocês se lembram da história do povo de Israel, quando eles viviam no Egito, como escravos? E o Senhor mandou pragas para que faraó deixasse o povo de Israel sair do Egito? Vocês se lembram de algumas delas? A última praga foi a morte de todos os primogênitos (filhos mais velhos), de cada família egípcia, inclusive a morte do filho do faraó. As crianças israelitas não morreram, porque o sangue de um cordeiro foi derramado nos batentes das portas das suas casas. Depois que aconteceu isso, faraó deixou os israelitas saírem do Egito. Eles foram libertos da escravidão. Por causa desse grande livramento, a Páscoa passou a ser comemorada, como a noite que Deus poupou Israel, salvando suas crianças e libertando a todos! O Senhor disse como a Páscoa deveria ser comemorada: “O cordeiro será sem defeito, macho de um ano; podereis tomar um cordeiro ou um cabrito… naquela noite, comerão a carne assada no fogo; com pães asmos (sem fermento)e ervas amargas a comerão… Comemorem esse dia como festa religiosa para lembrar que eu, o Senhor, fiz isso. Vocês e os seus descendentes devem comemorar a Festa da Páscoa para sempre.” . Essa celebração recebeu o nome de Pessach, que em hebraico significa passagem, nesse caso da escravidão à liberdade. Daí¬ surgiu a palavra Páscoa. Por que comemoramos a Páscoa hoje? Jesus veio aqui na Terra, para nos reconciliar com Deus e nos libertar da morte e do pecado. Ele foi humilhado, maltratado e morreu como um cordeiro. Depois ele ressuscitou no terceiro dia, e hoje ele vive! Deus enviou seu filho unigênito (único), sem defeitos. Jesus é como aquele cordeiro da Páscoa dos hebreus. Todos os que aceitam seu sacrifício são libertos da escravidão do pecado e da morte, assim como os Hebreus foram libertos pelo sangue dos cordeiros passado nas portas.

6- Aplicação: Jesus ressuscitou na Páscoa. Ele deu novo significado a esta data. Ele trouxe a “boa-nova”, esperança de uma vida melhor, trouxe ensinamentos para que o povo se libertasse do sofrimento e do mal. Ele morreu para nos dar a vida eterna! A sua ressurreição simboliza o início de uma vida nova, uma vida liberta da escravidão do pecado! (Líder, faça o apelo pra quem ainda não aceitou Jesus como seu Senhor e Salvador).

7- Atividade: Celebre a Páscoa com as suas crianças. Use carne assada ( ou salgadinho de bacon), ervas amargas (verduras amargas), pão sem fermento (ou pão sírio) e para tomar, suco de uva. Explique o significado às crianças: o cordeiro, que simboliza Cristo, sacrificado em favor da humanidade, o pão asmo, o nosso Senhor Jesus, que morreu por nós sem nenhum pecado, o vinho, simbolizando o sangue que Jesus derramou na cruz para nos salvar da morte, ervas amargas, representam a escravidão, serviam para lembrar o povo judeu como era ruim a escravidão no Egito, e hoje nos lembram como é ruim, ser escravos do pecado.

8- Comunhão / Encerramento.

Fonte: Orkut da Tia Dulce
Dia das Mães.



lindo

Para o dia das mães


espero que goste!!

Convite para morar no céu.





Convite Pra Morar no Céu Texto: Lucas 23:42,43

Objetivo Geral: Evangelístico
Material Necessário: Um convite de casamento com convite individual para festa.

Mensagem: (Após a leitura do texto, dê apenas uma visão superficial do que estava acontecendo. Fale do arrependimento do ladrão...).

Você já deve ter ido a muitas festas de casamento. Há festas muito lindas. E há festas que nem todas as pessoas podem entrar. Há um convite individual. Leia aqui (chame uma criança para ler o convite e mostre-lhe o convite individual para a festa de casamento). O que diz este papel menor? Ah! É a entrada para a festa. A pessoa só entra na festa se tiver este convite pequeno aqui. Há seguranças na porta que conferem isso tudo. Não adianta tentar entrar sem convite. Os noivos convidam a pessoa, mas a pessoa aceita se quiser. Ninguém obriga o outro a ir a uma festa de casamento.

Você sabia que para ir para o céu também precisa de um convite? Deus é quem mora no céu e é ele quem nos convida para irmos morar no céu com Ele.Mas para irmos para o céu, precisamos pedir para que Jesus entre em nosso coração e o limpe de todas as coisas erradas que fizemos. No céu não entra ninguém, que tenha o coração sem Jesus.

A Biblía diz em João 3:16 que Deus amou o mundo de uma maneira tão especial que mandou o seu único filho para que todas as pessoas que crerem em Jesus não morra, mas tenha a vida Eterna, ou seja: morar no Céu.Para entrarmos no céu precisamos de um coração limpo. Em muitos casamentos só entra na festa quem tiver o convite. No céu só entra quem tiver o coração limpo.

Fonte: Tia Dulce

sábado, 2 de abril de 2011

PRINCÍPIOS PARA LÍDERES DE MINISTÉRIO INFANTIL - QUARTO

QUARTO princípio para Líderes de Ministério Infantil 
4. Honra- Ler Rom. 12:10. O valor que atribuímos às pessoas faz toda a diferença em como as tratamos e como somos tratados por elas. A honra determina o sucesso do nosso ministério. Valorize as pessoas através de cartões de aniversário, agradecimentos, telefonemas, visitas, etc. Nossa própria imagem influencia significativamente nossa “imagem” das pessoas. Quando vemos outros da maneira como Deus os vê, passamos a tratá-los como Deus os trata também.Servir em uma atmosfera de respeito mútuo e encorajamento torna o ministério gostoso e digno de todo esforço.

Referência: Jutila, Craig. 4 Princípios Fundamentais para Líderes de Ministério Infantil. São Paulo: Editora Vida, 2004.

PRINCÍPIOS PARA LÍDERES DE MINISTÉRIO INFANTIL - TERCEIRO

TERCEIRO princípio para Líderes de Ministério Infantil

3. Trabalho em Equipe – As equipes têm um potencial criativo maior do que os indivíduos. “Todos nós juntos somos mais inteligentes do que apenas um de nós”.
Características de uma equipe dinâmica:
• Cooperação – isso requer saber e apreciar histórias uns dos outros, manter contato físico, atitudes de dar e receber, para que a unidade se transforme na poderosa realidade de nossos relacionamentos práticos de trabalho. Ler S.João 17:21.
• Flexibilidade – mudar para atender às necessidades. Flexibilidade para dar conta da demanda que lhe é requerida.
• Compromisso – os propósitos de evangelismo, comunhão, discipulado, serviço e adoração. Programas que ajudarão as crianças a crescer em profundidade, na caminhada espiritual.
• Lealdade - uma equipe pode fracassar porque algo discutido entre o grupo vazou para outras partes interessadas: a famosa fofoca. É muito difícil vencer a quebra de confiança entre os membros de uma equipe.
• Encorajamento - pessoas florescem sob o incentivo e murcham sob a crítica. Todas as vezes que apreciar algo em alguém ao seu lado, você está elevando seu valor, honrando essa pessoa, edificando a equipe e construindo o Reino. Ler I Tess. 5:11
Como cuidar das necessidades de manutenção de sua equipe:
• Deixe constantemente as expectativas bem claras – cada membro da equipe precisa sentir-se pertencente ao grupo e saber que seu papel é vital.
• Proporcione informações e treinamentos para habilidades de uma equipe.
• Abra espaço para compartilhar – não se preocupar apenas em desempenhar as tarefas, mas uns com os outros.
• Sempre dê ênfase à presença de Deus – iniciar cada encontro com uma oração. Desenvolver projetos de oração intercessória durante os encontros.

Referência: Jutila, Craig. 4 Princípios Fundamentais para Líderes de Ministério Infantil. São Paulo: Editora Vida, 2004.

SEGUNDO princípio para Líderes de Ministério Infantil

2. Atitude – Nossa atitude determina nossa altitude. A atitude que você usa é a atitude que você escolhe e ela depende da sua capacidade de distinguir entre a resposta e a reação.O que causa minha atitude a escorregar:
• Turbulência – nossa auto-estima pode atravessar uma tempestade, devido a um corte brusco na igreja ou por um sentimento de baixa auto-estima. Como você se vê? E como Deus a vê? Se nós esquecemos de manter os olhos em nosso valor, nosso preço eterno, como Deus o vê, nossas atitudes terão tendência para apontar o “nariz para baixo”.
• Paralisia – pessoas que não se vêem como vencedoras são, com freqüência, obcecadas por perder.• Estressando-se – você pode estar usando energia demais. Sua atitude e desempenho podem realmente melhorar, se você reduzir sua velocidade. É preciso ter tempo para renovar-se e deleitar-se, ou seja, rejuvenescer.• Voltas, voltas e voltas – as expectativas de vida menores, são as pequenas destruidoras de atitudes. Os líderes eficazes enfrentam dificuldade, desencorajamento e desapontamento. Tiago 1:2-4. Precisamos manter uma clara perspectiva de vida, uma clara perspectiva de nossas expectativas. Muitas vezes é preciso trocá-las, para abrir espaço necessário, para que as boas atitudes floresçam.O que fazer quando sentir que sua atitude está para vacilar: 1. olhe para cima – mantenha-se focado no que Deus está fazendo no Reino. (Col. 3: 2,3); 
2. Desacelere: todos fazemos escolhas mais acertadas quando paramos por um momento; Alcance pessoas – que o seu foco seja ajudar os outros a alcançar o potencial que têm. A vida das crianças e dos membros de sua equipe serão renovadas, e as pessoas se sentirão encorajadas, simplesmente pelo fato de estar em contato com você.

Referência: Jutila, Craig. 4 Princípios Fundamentais para Líderes de Ministério Infantil. São Paulo: Editora Vida, 2004.

PRINCÍPIOS PARA LÍDERES DE MINISTÉRIO INFANTIL

PRIMEIRO princípio para Líderes de Ministério Infantil
1. Paixão – qualquer coisa que eu faça, farei bem porque a faço para o Senhor, não para a aprovação dos outros. Col. 3:23
A paixão produz:
a. Direção - entusiasmo que nos impulsiona adiante, energia suficiente para cruzar a linha de chegada da realização.
b. Possibilidades – o apaixonado faz coisas de maneira diferente: supera as dificuldades buscando soluções criativas juntamente com a equipe; percebe o fracasso como um degrau para o sucesso, refaz constantemente seus alvos e os alcança por meio de perseverança; aceita desafios que a impulsiona para os limites da perseverança, compreende que “se não houver dor, não há valor”; aceita a disciplina de Deus como uma preciosa demonstração do Seu amor.As duas maiores paixões de um líder dos MC devem ser: 1. ver uma criança aceitar a Jesus e vê-la crescer em maturidade espiritual 2. liderar, encorajar e inspirar os professores.
c. Mudança de vida – a mudança de atitude produz compromisso.
Características de uma pessoa apaixonada:
• Alegria e vigor – contagiam o ambiente. É ficar contente por fazer diferença no Reino, porque o que fazemos durará para sempre. “Quando você está bem próximo de Cristo, as coisas de Seu reino farão com que a paixão jorre em sua alma”.
• Entusiasmo e expectativa – “ao ministrarmos para as crianças e para a nossa família, precisamos ser as pessoas mais entusiasmadas do mundo, porque estamos vivendo dentro do laço do amor, da graça e do poder de Deus”.
• Resultados excepcionais – os resultados espirituais florescem em razão de sua paixão pelo ministério. As crianças se lembrarão de você como alguém cheio de paixão que as amava, as valorizava e as honrava. As crianças podem se esquecer das lições que você ensinou, mas se lembrarão de quem é você.
Venenos mortais contra a paixão:
• Rotina – monotonia e falta de criatividade.
• Frieza – gastar a maior parte do nosso tempo com pessoas apáticas.
• Incerteza – precisamos estar fixos em um foco. Só começamos a progredir quando falamos sobre passos, planos específicos e horários específicos.
• Vaguear – sem objetivos, você não tem em que se concentrar. Quando investimos essa paixão em objetivos específicos e trabalhamos neles com todas as nossas forças, uma dádiva de Deus, então se torna muito difícil desistirmos de nosso ministério.
• Dureza – se você é líder, com certeza alguém não gostará de você. Portanto, não se preocupe com que os outros pensam a seu respeito. Algumas pessoas são como vitral: ou são apenas um vidro ou alguém que reflete a luz.

Referência: Jutila, Craig. 4 Princípios Fundamentais para Líderes de Ministério Infantil. São Paulo: Editora Vida, 2004.

Expressões











FIGURAS- O SEMEADOR

FIGURAS- O SEMEADOR















Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...